Diagnóstico

CONSULTAS PARA O DIAGNÓSTICO DE ALTERAÇÕES E PATOLOGIAS BUCAIS

0_equipe-odont-300x191As estruturas da boca humana estão sujeitas a sofrer uma série de alterações patológicas de natureza local ou sistêmica.
A Clinica DBI dispõe de um corpo clinico especializado no diagnóstico de alterações e patologias bucais, integrando as especialidades de Radiologia e Imaginologia, Estomatologia, Patologia Bucal e Cirurgia Bucomaxilofacial com a finalidade de proporcionar ao paciente diagnósticos precisos e condições adequadas de tratamento.
Para o tratamento das patologias bucais é muito importante a consulta inicial onde vamos colher informações, fazer o exame clínico e solicitar exames complementares (exame de sangue, radiográficos, tomográficos e outros) caso seja necessário para elaborar as hipóteses diagnósticas.
O próximo passo será a realização de biópsia, dependendo da lesão. Este procedimento é  realizado com anestesia local no consultório e o material coletado é encaminhado para que seja analisado em laboratório específico (anatomopatologia).Com o diagnóstico já conhecido será planejada a forma de tratamento da patologia.

RADIOLOGIA BUCAL E IMAGINOLOGIA

0_diag_oclusal_300x225Radiologia e Imaginologia Buco-Maxilo-Facial é a especialidade que tem como objetivo de aplicação dos métodos exploratórios por imagem como radiologia convencional, digital, subtração, tomografia convencional e computadorizada, ressonância magnética, ultra-sonografia, e outros, com a finalidade de diagnóstico, acompanhamento e documentação buco-maxilo-facial e estruturas anexas. A Radiologia é uma especialidade de integração, desde que se aplica a todas as especialidades odontológicas. Nas últimas décadas, grandes transformações veem ocorrendo no campo do Diagnóstico por Imagem com o surgimento de novos e eficazes sistemas, possibilitando diferentes alternativas nos procedimentos de diagnóstico. O Radiologista tem a função de auxiliar no diagnóstico, para elucidação de problemas passíveis de solução, mediante exames pela obtenção de imagens e outros. Frente a uma alteração patológica é do dever do radiologista identificar, localizar, descrever e orientar no diagnóstico. Também é do seu dever salientar a necessidade de se empregar outras técnicas e condutas para melhor auxílio no diagnóstico de determinadas patologias e alterações bucais.
ESTOMATOLOGIA
ft_estomatologiaA Estomatologia é responsável pelo estudo, diagnóstico, tratamento e prevenção das lesões próprias da mucosa bucal, do complexo maxilo-mandibular, órgãos anexos e das repercussões bucais de doenças sistêmicas. Estomatologia é uma palavra derivada do grego, onde como seu significado temos “estudo da boca”. O foco desta especialidade são as lesões internas ou externas da boca e do complexo maxilomandibular. Toda parte de linfonodos, vasos sanguíneos, enervação, musculatura oral, glândulas salivares e patologia bucal estão englobadas nesta especialidade vasta e muito rica.

 

MUCOCELEA maioria da odontologia clínica ddia-a-dia é focada nos dentes, nas gengivas, na língua e na bochecha. A estomatologia vai mais além, onde o especialista de estomatologia está apto a diagnosticar lesões dentro e fora da cavidade bucal, podendo tratá-las individualmente, ou trabalhar conjuntamente com outras especialidades médicas como a dermatologia, cirurgia plástica, oncologia, cirurgia de cabeça e pescoço entre outras.
São atribuições do Estomatologista:
  • O exame completo da boca para avaliação do estado de saúde, as condições de normalidade e as variantes do normal. Recomendações e medidas para manter um bom estado de saúde e evitar o câncer bucal;
  • O diagnóstico e tratamento das doenças próprias da boca e das doenças gerais que se manifestam na mucosa bucal;
  • O diagnóstico e tratamento das doenças infecciosas que apresentam acometimento bucal;
  • O diagnóstico e tratamento das lesões pré-cancerosas na mucosa bucal;
  • A identificação dos fatores de risco para o câncer bucal;
  • O diagnóstico precoce do câncer bucal.

 

PATOLOGIA BUCAL

PATO BUCALPatologia Bucal é a especialidade que tem como objetivo o estudo dos aspectos histopatológicos das alterações do complexo buco-maxilo-facial e estruturas anexas. Busca o diagnóstico final e o prognóstico dessas alterações por meio de recursos técnicos e laboratoriais. Para o melhor exercício de sua atividade, o especialista deverá se valer de dados clínicos e exames complementares.
As áreas de competência para atuação do especialista em Patologia Bucal incluem a execução de exames laboratoriais microscópicos, bioquímicos e outros, além da requisição de exames complementares. A interpretação de seus resultados permite a conclusão do diagnóstico das patologias, podendo ser utilizados para a emissão de laudos.
Uma vez que as doenças podem interessar vários órgãos ou estruturas, o cirurgião dentista, especialista em patologia bucal, tem um importante papel no diagnóstico e tratamento de uma grande gama de pacientes. A inter-relação com outras especialidades da saúde é uma marca da boa prática profissional. Assim sendo o patologista bucal pode se relacionar com variadas áreas da saúde: dentistas (estomatologistascirurgiões bucomaxilofaciais, entre outros),  bioquímicos e médicos (patologistas,  cirurgiões ,dermatologistasradiologistas, entre outros).

 

CIRURGIA BUCO-MAXILO-FACIAL

Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial é uma especialidade odontológica que trata cirurgicamente as doenças da cavidade bucalface e pescoço, tais como: traumatismos e deformidades faciais (congênitos ou adquiridos), traumas e deformidades dos maxilares e da mandíbula, envolvendo a região compreendida entre o osso hioide e o supercílio de baixo para cima, e do tragus a pirâmide nasal, de trás para diante.Sem título
Dentre as doenças existem os tumores benignos e malignos, os cistos dos maxilares, as provocadas por fungosvírus, e manifestações associadas a doenças sistêmicas como AIDStuberculosesífilis entre outras. As deformidades faciais são compreendidas desde as sequelas de doenças como o câncer, os traumas severos, ou distúrbios do desenvolvimento, como as síndromes ou alterações do desenvolvimento como o prognatismo (aumento dos maxilares), micrognatismo (diminuição dos maxilares) ou a combinação delas.